Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Textos » DONA LIA DO COCO LANÇA SEU CD NA SAMBADA DE COCO DE TABAJARA

Textos

DONA LIA DO COCO LANÇA SEU CD NA SAMBADA DE COCO DE TABAJARA

Dona Lia começou a cantar Coco aos 10 anos, hoje, na flor dos seus 67, lança o primeiro disco da sua carreira.

    Na edição de Março a Sambada de Coco de Tabajara tem o privilégio de realizar o Lançamento do CD "Meu Coqueirá" de Dona Lia do Coco de Igarassú. O festejo acontece sexta-feira 13/03, a partir das 19:00 horas, no Recanto Cultural, Cidade Tabajara (Olinda). A noite conta ainda com os mestres da casa Mestre Ulisses Cangaia e Mestre Juarez, além dos grupos Coco Juremado e  Rala Coco Maria também de Igarassú, e a participação especial de Guitinho, vocalista do Bongar. O objetivo é promover a memória dos Mestres, das Sambadas, e dos grupos de Cultura Popular de Pernambuco, além de incentivar à apropriação da cultural tradicional no Tabajara.


Dona Lia do Coco

    Dona Lia desde criança brincava com seus pais de dançar e cantar Coco, Ciranda e Cavalo Marinho em festas que duravam a noite toda, no fundo do seu quintal em Goiana (PE). Começou a cantar Coco aos 10 anos, hoje, na flor dos seus 67, lança o primeiro disco da sua carreira. "Estou muito feliz em gravar meu primeiro CD, via desde pequena meus pais cantarem e hoje me sinto emocionada em mostrar para as pessoas e o que sei e gosto de fazer", relata sorridente a cantora ao falar sobre seu primeiro trabalho em estúdio.

Disco
   
    O álbum “Meu Coquerá” possui 30 faixas com composições autorais e de domínio público que seguem os 50 anos da carreira de Dona Lia. O CD foi gravado recentemente, no final de Janeiro, no Berimbau Stúdio, com produção musical assinada por Mestre Ulisses Cangaia e Joel Carlos. Os cocos cantados por Dona Lia trazem os registros de sua trajetória de vida, e do universo cultural oriundo da Mata Norte de Pernambuco. Acompanham a coquista quatro percussionistas. Seu marido Ramos, no Pandeiro, Cacau no caixa, Papi no Ganzá, Neném no Zabumba e duas back vocal Quitéria e Biuzinha. O disco estará à venda no local ao custo simbólico de R$ 10,00.


A Sambada


    A Sambada de Tabajara é realiza de maneira independente com o suor dos mestres, artistas, produtores e comunicadores do bairro, que acreditam na transformação social através da fomentação e valorização da cultura popular. A Sambada acontece toda segunda sexta-feira de cada mês, no Recanto Cultural, que todos os meses recebe artistas e brincantes de várias partes do Recife, promovendo intercâmbios culturais locais. Vivências desta natureza são vitais para formação de grupos e artistas mais comprometidos em sua arte, e na criação do seu público. Sambadas como esta vem acontecendo em várias partes da Região Metropolitana do Recife (RMR) sem apoio de nenhuma natureza por parte do poder público. É com muito trabalho e autogestão, que realizamos ações culturais comprometidas com à afirmação da identidade local sem esquecer a devida obrigação por parte do estado.

Venha se divertir e dançar muito coco com responsabilidade social!

*Lembrando que o microfone é aberto, e quem quiser pode dar sua palhinha.

Por: Sandro Barros

Serviço:

Data: 13/03/2015

Horário: 19:00 às 00:00

Local: Recanto Cultural

Valor: Grátis

Informações: (81) 9986-8997 / 8701-3413

Mídias:
https://www.facebook.com/sambadadetabajara
http://www.iteia.org.br/sao-sambas

Visualizações: 1.459
Gostou?! Então vote!
  • 1 pessoas votaram Sim
  • 1 pessoas votaram Não

Este conteúdo tem 0 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo