Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Jornal iTEIA » 6º Festival de Cultura Negra do Quilombo Sambaquim

Jornal iTEIA

18.11.2015 - 19h16

6º Festival de Cultura Negra do Quilombo Sambaquim

O objetivo é celebrar durante três dias o mês da consciência negra, transmitir os valores quilombolas, repassar para alunos de escola pública e moradores do município

Sandro Barros

ampliar Gambiarra Imagens
Quilombo Sambaquim

“Quilombo, antes de qualquer coisa é um coração que sonha com a liberdade.”

Solano Trindade


Dia 20 de Novembro é comemorado o Dia da Consciência Negra. Momento de reflexão, afirmação, e resistência da identidade negra no Brasil. Pensando nisso, o Quilombo Sambaquim, quilombo situado, no município do Agreste pernambucano, realiza o Festival de Cultura Negra do Quilombo Sabaquim. A ação cultural acontece de 20 a 22, no Sítio Sambaquim localizado, à oito Km do Centro da Cidade, e à cento e setenta e dois Km da capital de Pernambuco. A realização é da Associação de Moradores do Quilombo Sambaquim com colaboração de produtores culturais de Recife.



    A programação está repleta de atrações, e taz na grade, apresentações culturais, oficinas de teatro, pesquisas, intercâmbios, roda de conversa com Mestres Griôs do Quilombo, shows e dança. O objetivo é celebrar durante três dias o mês da consciência negra, transmitir os valores quilombolas, repassar para alunos de escola pública e moradores do município a importância da implantação da lei 10.639/2003, na rede pública de ensino, escoando a produção cultural oriundas da comunidade tradicional, e criar uma rede solidaria com outros quilombos.

    Assumindo o protagonismo da mulher na sociedade contemporânea,   mesmo em locais onde ainda se vive boa parte do tempo ainda com um modo de vida tradicional, Solônia fala sobre as expectativas para realização do festival.

“Fazem cinco anos que a gente comemora e estamos achando que esse ano está bem melhor, por conta que estamos trazendo mais gente de fora para apresentar na comunidade, aí todos estão achando que o festival está sendo bem melhor, e o povo está muito motivado”, fala Solônia Josefa, líder do Quilombo Sambaquim.

    Neste ano o festival recebe atrações vindas de Recife, Olinda, e conta com a estreia aos palcos, do grupo do quilombo chamado Dandara, o grupo que surgiu de oficinas ministradas por Lucas José, dançarino, ator, músico, produtor cultural, pedagogo, e um dos principais incentivados para realização do festival.

“O que me motiva aqui é fortalecer a luta quilombola, que é excluída pela sociedade, isso é o que me motiva, vir para cá, tomar banho neste açude é o pagamento que eu tenho pelo trabalho, que eu estou fazendo, fazer falas politizadas, a partir da vivência de negritude que tenho”, diz Lucas José um dos produtores desta edição. Confere a programação completa logo a baixo.


Programação:

20/11 - Sexta-feira   



  • Roda de Conversa com Mestres Griôs Quilombolas

  • Cine Club – Rede Pano na Rua

  • Mazurca do Quilombo Sambaquim

  • Grupo Dandara



21/11 – Sábado



  • Poesis – (Recife)

  • Arteiros – (Recife)

  • Trupe Circuluz (Mundo)

  • Grupo Ifá-Rhada de Art' Negra (Olinda)

  • Loucos e Oprimidos da Maciel (Recife)

  • Coco de Seu Mané (Olinda)

  • Poesia do Improviso (Recife)


Contatos:


81 99364-3355 (Claro)


81 99884-6181 (Tim)




 

Este conteúdo tem 0 Comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal iTEIA reserva-se no direito de apagar as mensagens.

Deixe um comentário








Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo