Pernambuco Nação Cultural

Texto


Avançada

Caminhando pelo passado

Heraldo Cunha

Descrição da Foto

Lugar onde se pode caminhar e refletir

Caminhando pelo Recife
Sons estranhos me aparecem:
ao passado o presente assiste,
e algo estranho me acontece.
É Pernambuco da capitania,
que Duarte Coelho já sentia
sua força impoluta,
tendo ouro como açúcar,
doces brisas pelas ruas.
Soldados e suas espadas,
navios em suas esquadras,
e, olhando em direção ao mar,
corsários a passar,
disputando este lugar,
lutando sem cansar,
como hoje lutamos nós,
o egoísmo é o grande algoz,
pois pertence a humanidade,
vejo isso nesta cidade,
em relances de verdade.
O Recife é imortal,
é pedra fundamental,
de feito excepcional
produzido por Nassau.
Nassau é a Ponte
do passado ao presente.
O Capibaribe que nos diga!
Em suas águas o abriga,
como uma imensa Veneza
de rara e eterna beleza,
pedra de valiosos quilates,
como provam os mascates
cujas vozes ecoam por toda parte,
por ruas, entradas e becos,
seus comércios e apetrechos.
Na Rua da Praia houve até revolução,
Por aqui Insurreição.
Sua história é contada com muita devoção,
pois de história nós entendemos,
com vários ilustres convivemos:
Matias de Albuquerque, Henrique Dias, Gilberto Freire,
Paes de Andrade, Frei Caneca, Abreu e Lima,
Joaquim Nabuco, José Mariano, Paulo Freire,
Capiba, Luiz Gonzaga, Oliveira Lima,
Hermilo Borba Filho, Álvaro Lins,
Ariano Suassuna como cidadão, Nélson Ferreira,
João Cabral de Melo Neto, Osnan Lins,
Antônio de Figueiredo e Manoel Bandeira.
Conhecidos pela democracia, insurgência,
muita coragem, senso de igualdade,
ideário cívico, inteligência,
muita força e heroicidade.
Estando longe ou perto,
a saudade é sem igual,
sentimento de muita emoção,
que vai do frevo do Carnaval
à fogueira do São João.
Permita-me uma aliteração:
“Recife reino reluzente
dos Poetas ausentes”.
A minh’alma transborda
caminhando pela orla,
tudo vejo no ar da simplicidade:
águas, pontes, casas e grades
caminhando por esta cidade.

Rinaldo Pedro

Baixar em formato PDF

Versão para impressão

O que achou deste texto?

Gostei

755 recomendações
5206 acessos

14 comentários

Neste espaço não serão permitidos comentários que contenham palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa. A equipe do portal Pernambuco Nação Cultural reserva-se o direito de apagar as mensagens.

  1. Santos comentou:

    14.04.2010 - 21h46

    Recife é passado, presente e futuro... muito bom!

  2. Leidinha comentou:

    18.04.2010 - 20h47

    O Recife é nosso!!!

  3. Bel comentou:

    20.04.2010 - 19h58

    Esse lugar é inesquecível

  4. Jacilede comentou:

    25.04.2010 - 10h16

    Muito lindo o poema.
    Parabéns!

  5. Jacilede comentou:

    25.04.2010 - 10h16

    Muito lindo o poema.
    Parabéns!

  6. Gleidson Melo comentou:

    10.09.2010 - 08h53

    E que poema, viu, amigo!
    Abraços poéticos.

  7. savana comentou:

    16.03.2011 - 12h30

    Sinto tantas saudades do meu grande Recife onde nasci e por algum tempo me criei. Hoo! Recife, um dia eu voltarrei.

  8. ROBSON comentou:

    04.06.2011 - 19h15

    sou de recife morei em jaboatão, me mudei para santa cruz do capibaribe, depois fiquei um poquim embelo jardim, fui passar um pouco de minha vida em petrolina, voltei pra belo jardim e to com a gota querendo morar em garanhuns.
    EU AMO SER PERNAMBUCO!

  9. Ganhar Dinheiro comentou:

    06.09.2011 - 11h34

    Emocionante até para quem nem é pernambucano.

  10. Ana comentou:

    27.03.2012 - 18h55

    O recife 'e uma cidade linda, tenho orgulho de ser de Pernambuco

  11. Negreiros Neto comentou:

    06.05.2014 - 18h52

    Que expressão multicural dessa linda cidade RECIFE, única no mundo. Parabéns!!

    Poeta Negreiros Neto
    Itaquitnga/PE

  12. Negreiros Neto comentou:

    06.07.2015 - 13h58

    Boa tarde!
    Sou o Poeta Negreiros Neto e gostaria de fazer parceria para participar 14º Prêmio Literário Livraria Asabeça 2015. Caso tenha interesse entrar em contato pelo e-mail thenegreirosneto@hotmail.com

  13. Negreiros Neto comentou:

    06.07.2015 - 14h00

    http://www.nacaocultural.com.br/negreirosneto/

  14. Carlos comentou:

    30.12.2015 - 11h19

    Belo poema pra essa cidade tão linda.









Esse conteúdo foi criado e postado por:

Rinaldo Pedro

Autorizado por:
Fundarpe

em 06.02.2010 às 00h58


Tags

recife, poesia, arte e cultura, amor arte, literatura pernambucana

Direitos autorais:

  • Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil
  • Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil
  • Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil
  • Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil

Denunciar conteúdo impróprio

Lista completa


Conteúdo sob Licença Creative Commons