Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Tecnologia Achix
Busca
Busca Avançada
Entrar | Não é cadastrado?
Você está em: Início » Autores » Blesqi Zatsaz

Autores

Blesqi Zatsaz

SAO PAULO - SP
Cadastrado em: 15/04/2010

Blezqi Zatsas é o nome do projeto solo de Fábio Ribeiro. Nascido no dia 18 de Setembro de 1969, em São Paulo, Fabio Ribeiro iniciou o curso de piano erudito, incentivado pelos pais, ambos professores de música. Concluiu este curso em 1986. No início dos anos 80, motivado a tocar com outros músicos, ingressou em sua primeira banda, Annubis. Ironicamente, o instrumento com o qual o tecladista ingressou nesta banda não foi seu instrumento de origem e sim a guitarra. Detalhes Pessoais Em 1985 passou a tocar teclados eletrônicos, além de piano e guitarra. Iniciou neste mesmo ano seus estudos de música eletrônica, programação de sintetizadores e tecnologia musical. Em 1986, deixou seu primeiro grupo e formou com outros músicos a banda Desequilíbrios, na qual permaneceu até o início dos anos 90 e gravou o álbum de mesmo nome. Neste mesmo período, se envolveu em diversos projetos musicais, participando de vários álbuns de bandas como Clavion, III Milênio, Antítese e Revenge, e excursionando e gravando com outras como A Chave do Sol, Overdose e Anjos da Noite. Passou também a dar aulas particulares de música e tecnologia musical. Lançou seu primeiro projeto solo em 1991, o álbum Blezqi Zatsaz - Rise and Fall Of Passional Sanity. Em 1993, participou da primeira formação da banda Angra, realizando o primeiro concerto da história do grupo. Paralelamente, ingressou no trabalho de consultoria para empresas fabricantes de instrumentos musicais eletrônicos, prestando serviços como consultor, especialista de produtos e programador para empresas como Korg e posteriormente Kawai, Gulbransen, Music Systems Research e PianoDisc. Atuou também por vários anos na mídia especializada escrevendo artigos sobre música e tecnologia musical para diversas revistas. Em 1995, ingressou no projeto tributo Pink Floyd Cover, com o qual acabaria contribuindo por quase uma década. Através deste projeto, o tecladista teve contato com a banda Violeta de Outono. Entre 1997 e 1999, Fábio participou de diversos concertos desta banda, e registrou diversos álbuns e singles ao lado da mesma. Fábio Ribeiro voltou a trabalhar com a banda Angra em 1999, realizando toda a turnê do álbum Fireworks. A banda percorreu grande parte do território brasileiro, América Central e várias localidades da Europa. No ano 2000, o primeiro álbum de seu projeto solo foi relançado pela gravadora francesa Musea, com material bônus. Outros antigos trabalhos com a participação do tecladista também foram relançados neste período. Em 2001, passou a trabalhar com o Shaaman, banda formada por dissidentes do Angra, após a ruptura da banda. Realizou a turnê de pré-lançamento da banda, no Brasil e no exterior, e participou da gravação do primeiro álbum - Ritual. Entre 2002 e 2004, excursionou com o Shaaman por diversos países, realizando mais de uma centena de concertos. Esta turnê está registrada no CD/DVD Shaaman - Ritualive, da Universal Music. Paralelamente, em 2002, o tecladista lançou o segundo trabalho de seu projeto solo, Blezqi Zatsaz - The Tide Turns. O álbum foi lançado no Brasil e nos Estados Unidos, e em seguida na Europa. Também em 2002, começa a funcionar o estúdio de produção e gravação The Brainless Brothers. Neste estúdio, desde então, foram desenvolvidos diversos projetos, entre eles Henceforth, Violeta de Outono, Fuga, Headgear, Shaaman, e mais recentemente Andre Matos. Em 2005, Fábio gravou com a banda Shaaman o álbum Reason, e posteriormente participou de toda a turnê de promoção do mesmo, que se estendeu até maio de 2006. Atualmente, Fábio é tecladista da banda de Andre Matos (Ex-Angra/Shaaman), com a qual está lançando o primeiro álbum. Trabalha na área de consultoria musical, prestando serviços como consultor para a empresa sueca Clavia, fabricante dos instrumentos musicais eletrônicos Nord, e também para as empresas E-mu (Creative) e Novation. Há mais de uma década, é responsável pelas versões em português dos manuais de operação de instrumentos musicais e dispositivos de tecnologia musical de diversos fabricantes, como Clavia, Korg, Kawai, Mackie, Allen & Heath, Line6, Zoom, Digitech, Nady, etc. É colunista da revista especializada Home Studio, escrevendo mensalmente matérias técnicas sobre o software de gravação Sonar. Através do estúdio The Brainless Brothers, atua na área de produção musical e gravação. Periodicamente, dirige cursos de programação de sintetizadores e tecnologia musical. Ouça mais no portal de música livre Barulho Lab.

Lista de Conteúdos mais acessados

Lista de Contatos

Entre em contato
Parceiros
Cooperação
Integração
Realização
Patrocínio

Ir para o topo